Assassinatos de trans e travestis caem 24,5% em 2019 no Brasil

Segundo a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), o número de assassinatos de trans e travestis reduziram no Brasil durante o ano de 2019.

A instituição informa que no ano passado foram registrados 123 mortes de pessoas trans e travestis, 24,5% a menos que os dados de 2018, quando foram registradas 163 mortes.

Em 2017 o número de mortes foi de 179.

A Antra mantém um mapa em seu site onde lista as mortes de pessoas trans e travesti em todo o Brasil.

Até o dia 10 de janeiro, o site registrou oito assassinatos.

O dossiê completo sobre as mortes registradas em 2019 será divulgado pela associação no final de janeiro, com informações também sobre casos de violência.

A redução do número de assassinatos da população trans e travestis, porém, é semelhante a queda do número de mortes violentas em 2019, que foi de 22%.

Evidenciando que o problema é geral e não apenas para uma parcela da sociedade.

Categoria:Sociedade