Telefone de Anderson do Carmo foi ligado na casa de delegado federal

Novas informações sobre o paradeiro do telefone celular do pastor Anderson do Carmo foram divulgadas pela polícia, dessa vez dizendo que após ter sido conectado a um chip em nome da empresária Yvelise de Oliveira, o aparelho viajou para Brasília.

Lá, teria sido conectado a um chip de um pastor e ao Wi-Fi da casa de um delegado federal.

O nome deles não foram revelados.

O aparelho é procurado desde a morte do pastor, em julho do ano passado.

A viúva do pastor, a deputada federal Flordelis, disse que o celular havia sumido depois do enterro.

Mas depoimentos diferentes indicam que o aparelho estava em posse de Flordelis após a morte do pastor.

A polícia acredita que o destino do telefone celular é uma pista fundamental para o solucionar o caso.

Categoria:Sociedade